Efeitos do café no coração

A cafeína é conhecida por seus efeitos estimulantes e geralmente é associada a melhora no estado de alerta, capacidade de aprendizado e concentração e no aumento de energia. Mas o cafezinho pode fazer mal para as pessoas que tem sensibilidade à cafeína. Especialistas afirmam que o café em doses usuais não faz mal. Vários estudos mostraram que o café não aumenta o risco de doença cardíaca (arritmia, infarto), já em relação a pressão arterial, é recomendado de três a quatro xícaras de café por dia, não mais que isso.

A associação do café com o aumento da pressão vem de estudos feitos com a cafeína, já que ela aumenta a pressão arterial se consumida em exagero. Estudos apontam que o café pode reduzir o AVC em mulheres, reduzir em 10% as doenças cardiovasculares (como infarto, morte cardiovascular). 

Atenção: o risco maior do café não é para pessoas que consomem com frequência, mas para quem nunca bebe e de uma só vez resolve tomar em grande quantidade. O organismo não está acostumado com as substâncias estimulantes e o café pode causar convulsão, aumento do batimento cardíaco, pressão, infarto.




Autor: Leonardo
Data: 31/01/2020 15:37:33
ClubeAzul.org.br | E-mail: atendimento@clubeazul.org.br | Contatos: (21) 3916-7277 Rio de Janeiro 4020-1610 (capitais e regiões metropolitanas)